terça-feira, 14 de julho de 2009


Os pavilhões vibraram com,

António Livramento

Começou por jogar futebol, a sua paixão de adolescente, no Venda Nova, perto de Benfica. A certa altura, um técnico do Futebol Benfica, Torcato Ferreira, achou que o "miúdo" teria muito jeito para jogar hóquei em patins, e convidou-o a aparecer no ringue do «Fófó». Livramento recusa, mas perante a insistência de Torcato decide experimentar, e a partir daí o futebol passa para segundo plano, e atinge um plano de grande notoriedade no hóquei patins, sendo que o momento alto da sua carreira foi 1977, precisamente no ano que ingressa no Sporting torna-se Campeão da Europa de Clubes. Eis a ficha biográfica desportiva no Sporting:

Nome: António José Parreira do Livramneto
Data de Nascimento: 28 de Fevereiro de 1944
Inicio da carreira no Sporting: 1977 (ingressa no Sporting com 33 anos).
Campeonato Nacional: 1 título (1976/77) ;
Taça de Portugal: 1 título (1976/77) ;
Taça dos Campeões Europeus: 1 título (1976/77) ;
 

Como treinador do Sporting:
Campeonato Nacional: 2 títulos (1981/82 e 1987/88);
Supertaça: 1 título (1982/83);
Taça dos vencedores das Taças: 1 título (1984/85);
Taça CERS: 1 título (1983/84);


Ao serviço da selecção Nacional de Hóquei Patins, Livramento conquistou inúmeros troféus.

Internacionalizações: 209
Títulos conquistados como jogador:
Campeonatos do Mundo: 2
Campeonato da Europa de Nações: 7
Tìtulos conquistados como Seleccionador Nacional:
Campeonatos do Mundo: 2
Campeonato da Europa de Nações: 1

Livramento, considerado por muitos o maior e melhor Hoquista de todos os tempos, no entanto a sua morte prematura, em 7 de Junho de 1999, deixou sem dúvida o Hóquei nacional muito mais pobre.

Sem comentários:

Publicar um comentário